Tropicália Ou Panis Et Circencis

Experimenta 7 dias Grátis Promoção válida para novos clientes. Após 7 dias será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

O Tropicalismo foi o movimento que elaborou as obras mais antropofágicas da história da arte brasileira e refletiu criticamente sobre a formação do Brasil. Atingiu seu ápice com o disco-manifesto Tropicália ou Panis et circencis, criado por um coletivo de artistas e músicos extraordinários: Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Gal Costa, o grupo Os Mutantes, Nara Leão, Rogerio Duprat, Torquato Neto e José Carlos Capinam.
Lançado em 1968, o LP Tropicália ou Panis et circencis foi a síntese desse movimento cultural e político de vanguarda. Das melodias às roupas, dos arranjos à capa do disco, dos instrumentos aos shows, tudo era trabalho estético e posicionamento cultural e político.
Nas palavras do autor Pedro Duarte: "Escutar o álbum coletivo Tropicália ou Panis et circencis, nos dias de hoje, traz à experiência musical um paradoxo típico das artes de vanguarda do século XX: por um lado, sua força inovadora permanece viva e mesmo surpreendente para quem desconhece as obras do grupo que o criou; por outro, as canções nos chegam agora como clássicos definitivos da cultura do Brasil."
Sobre os artistas:
Tropicália ou Panis et circencis foi uma criação coletiva que reuniu os músicos Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Gal Costa, o grupo Os Mutantes (Arnaldo Baptista, Rita Lee e Sérgio Dias), com arranjos do maestro Rogerio Duprat e participação de Nara Leão e dos compositores e poetas Torquato Neto e José Carlos Capinam.